Óleo de Linhaça

Linum usitatissimum

30 e 60 cápsulas

É obtido por prensagem a frio das sementes do Linum usitatissimum, tendo como constituintes principais os ácidos graxos poli-insaturados ômega 3 e
ômega 6.

O Ministério da Saúde adverte: não existem evidências científicas comprovadas de que este alimento previna, trate ou cure doenças. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

M.S.: 6.2582.0007

Saiba mais sobre

Linum usitatissimum

Consumido desde a Antiguidade na Mesopotâmia, aos poucos, a semente de linhaça vem marcando presença na mesa dos brasileiros como uma rica fonte de gordura do bem. 1De acordo com os especialistas, essa semente que cresce na China, nos USA, no Canadá, na Europa e também no Brasil é rica em gorduras poli-insaturadas, proteínas, fibras, vitaminas (B1, B2,C,E e A) e minerais (ferro, zinco, potássio, magnésio, fósforo e cálcio).2

As sementes de linhaça são pequenas e possuem uma casca espessa, difícil de ser rompida com a mastigação, impossibilitando dessa forma, aproveitar os nutrientes do óleo (ômega 3 e ômega 6) que estão presentes no interior. 2

Referências:

1- Soares, LL et al. Avaliação dos efeitos da semente de linhaça quando utilizada como fonte de proteína nas fases de crescimento e manutenção em ratos. Rev. Nutr., Campinas, v. 22, n. 4, Aug. 2009.

2- Cordeiro R, Fernandes PL, Barbosa LA. Semente de linhaça e o efeito de seus compostos sobre as células mamárias. Revista Brasileira de Farmacognosia. 19(3): 727-732, Jul./Set. 2009.

3- Possamai TN. Elaboração do pão de mel com fibra alimentar proveniente de diferentes grãos, sua caracterização físico-química, microbiológica e sensorial. 2005.